quinta-feira, 1 de agosto de 2019

Pesquisadores da USP irão avaliar eficácia da Educação Infantil em Sobral

A rede pública municipal de Sobral será objeto de um estudo sobre a eficácia da educação infantil. Em parceria com o Laboratório de Estudos e Pesquisas em Economia Social (Lepes) da Universidade de São Paulo (USP) será aplicado o MELQO - Measuring Early Learning Quality and Outcomes-, um instrumento que visa avaliar a qualidade da educação, o desenvolvimento e a aprendizagem das crianças em idade pré-escolar.

Nos dias 30 e 31 de julho, técnicos da Secretaria da Educação de Sobral e da Escola de Formação Permanente do Magistério e Gestão Educacional, a primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra, e técnicos da Prefeitura de Fortaleza participam do curso de iniciação ao MELQO, promovido pelo Lepes e ministrado pela mestranda em Economia pela USP, Laura Ogando. Na formação, que conta com a participação da primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra são apresentados as ferramentas, métodos e objetivos da pesquisa. E nos dias 7 e 8 de agosto os instrumentos serão testados na prática de observação nas escolas.
 
A iniciativa é fruto de uma parceria da UNESCO, do Banco Mundial, do Centro para a Educação Universal, do Instituto Brookings e do UNICEF e está alinhada com o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 4.2 que visa garantir que todos os meninos e meninas tenham acesso a um desenvolvimento de qualidade na primeira infância, cuidados e educação pré-escolar, de modo que estejam prontos para o ensino primário.

Sobral tem a oportunidade de mais uma vez estar na vanguarda com a avaliação da educação infantil e adaptar as melhores práticas internacionais para aperfeiçoar a política pública de educação”, avaliou o mestre em Economia pela USP e pesquisador chefe do LEPES em Sobral, Ricardo Vale.